quinta-feira, 26 de maio de 2016

Lembrar dos Necessitados


Escritura do Dia e Dicas de Estudo

Ano 9 Edição No. 2059
Escritura do Dia Doutrina e Convênios 52:40
E em todas as coisas lembrai-vos dos pobres e necessitados, dos doentes e dos aflitos, porque aquele que não faz estas coisas não é meu discípulo.
Citação do Dia 
"Desde o princípio dos tempos, nosso Pai Celestial expressou-Se com grande clareza sobre esse assunto. Em súplicas gentis, tais como: "Se me amares, (...) te lembrarás dos pobres e consagrarás de tuas propriedades, para sustento deles" Em mandamentos diretos: "E em todas as coisas lembrai-vos dos pobres e necessitados, dos doentes e dos aflitos, porque aquele que não faz estas coisas não é meu discípulo". E em alertas enfáticos: "Portanto, se algum homem tomar da abundância que fiz e não repartir sua porção com os pobres e os necessitados, de acordo com a lei de meu evangelho, ele, com os iníquos, erguerá seus olhos no inferno, estando em tormento"."
Dieter F. Uchtdorf - Segundo Conselheiro na Primeira Presidência - Prover à Maneira do Senhor - Conferência Geral, Outubro 2014
Vozes da Conferência
"Nosso Pai Celestial e Seu Filho Jesus Cristo são os supremos Doadores. Quanto mais nos distanciamos Deles, mais achamos que temos direito às coisas. Começamos a achar que merecemos a graça e que Eles nos devem bênçãos. Ficamos mais propensos a olhar à nossa volta, a identificar desigualdades e a nos aborrecer com isso - até nos sentir ofendidos - por causa da injustiça que percebemos. Quando estamos distantes de Deus, pequenas desigualdades parecem grandes e a injustiça pode variar de insignificante e chegar ao seu extremo. Sentimos que Deus tem a obrigação de consertar as coisas - e consertá-las agora mesmo!"
Dale G. Renlund - Do Quórum dos Doze Apóstolos "Para Que Eu (...) Pudesse Atrair a Mim Todos os Homens" - Conferência Geral, Abril 2016
Ensinamentos dos Presidentes da Igreja
"Como podemos desenvolver essa fé? A resposta é: pelo estudo, pelo trabalho e pela oração. O Apóstolo Paulo perguntou: "Como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue?" (Romanos 10:14) Eles não têm como responder, mas nós sim. Assim, só podemos desenvolver a fé ao ouvirmos a palavra de Deus ensinada por pregadores da verdade. A pregação da verdade relativa a Deus e Seus desígnios foi comparada ao cultivo de uma semente, que se for boa germinará e crescerá em nosso coração caso estejam presentes as seguintes condições: primeiro, ela deve ser plantada no solo rico e fértil da sinceridade e do desejo real; segundo, deve ser cultivada por meio do estudo diligente e da reflexão; terceiro, deve ser regada pelo maravilhoso "orvalho" espiritual e iluminada e aquecida pelos raios da inspiração advinda da oração humilde. A colheita só é possível para a pessoa que age de acordo com as verdades que aprendeu, transforma sua vida pecaminosa e preenche seus dias com uma conduta condizente com os mandamentos de Deus, em quem ela tem fé, e com serviço ao próximo. "
Harold B. Lee - Os Primeiros Princípios e Ordenanças do Evangelho - Ensinamentos dos Presidentes da Igreja, Cap. 4
Conferência Geral
Faltam
128
Dias
Estudos das Escrituras

O Livro de Mórmon

Sites Favoritos







Designação do Sacerdócio e da Sociedade de Socorro 29/Mai/2016

Tempo para Treinamento e Instrução

Designação da Escola Dominical - O Livro de Mórmon - 29/Mai/2016

"Minha Alma Já Não Sofre" - Aula 20 - Mosias 25-28, Alma 36

Tema da Organização dos Rapazes e Moças - Maio 2016


Tema da Primária Maio 2016


Seguidores

Mensagens Inspiradoras

Loading...

Eu, voluntariamente, me comprometo a:

• Ser honesto com o Senhor, comigo mesmo e com o meu semelhante.
• Evitar qualquer forma impura de entretenimento.
• Guardar a Palavra de Sabedoria
• Manter-me moralmente puro e limpo.
• Guardar o Dia do Senhor e conservá-lo santo.
• Demonstrar meu amor ao Senhor servindo ao meu próximo.
• De bom grado obedecer a lei do dízimo.
• Continuamente esforçar-me para arrepender-se e receber o perdão através da expiação do Nosso Salvador.