quarta-feira, 6 de julho de 2016

Convênios que nos Levam de Volta à Presença do Pai Celestial

Escritura do Dia e Dicas de Estudo
Ano 9 Edição Nº 2099
Escritura do Dia - Joseph Smith - História 1:68-72
Continuávamos ainda o trabalho da tradução, quando, no mês seguinte (maio de 1829), fomos certo dia a um bosque para orar e consultar o Senhor a respeito do batismo para a remissão dos pecados, mencionado na tradução das placas. Enquanto orávamos e invocávamos o Senhor, um mensageiro do céu desceu em uma nuvem de luz e, colocando as mãos sobre nós, ordenou-nos, dizendo:
A vós, meus conservos, em nome do Messias, eu confiro o Sacerdócio de Aarão, que possui as chaves do ministério de anjos e do evangelho do arrependimento e do batismo por imersão para remissão dos pecados; e este nunca mais será tirado da Terra, até que os filhos de Levi tornem a fazer, em retidão, uma oferta ao Senhor.
Disse que esse Sacerdócio Aarônico não tinha o poder de imposição de mãos para o dom do Espírito Santo, mas que isso nos seria conferido mais tarde; e mandou que nos batizássemos, dando instruções para que eu batizasse Oliver Cowdery e depois ele me batizasse.
Assim, fomos batizados. Eu batizei-o primeiro e, em seguida, ele batizou-me - após o que, coloquei as mãos sobre sua cabeça e ordenei-o ao Sacerdócio Aarônico; e em seguida ele pôs as mãos sobre minha cabeça e ordenou-me ao mesmo sacerdócio - pois assim nos fora mandado.
O mensageiro que nos visitou nessa ocasião e conferiu-nos esse sacerdócio disse que seu nome era João, o mesmo que é chamado João Batista no Novo Testamento; e que agia sob a direção de Pedro, Tiago e João, que possuíam as chaves do Sacerdócio de Melquisedeque, sacerdócio esse que, declarou ele, nos seria conferido no devido tempo; e que eu seria o primeiro élder da Igreja e ele (Oliver Cowdery), o segundo. No dia quinze de maio de 1829 fomos ordenados pela mão desse mensageiro e batizados.
Citação do Dia 
"Fico maravilhado com o amor do Pai Celestial por Seus filhos. Causam-me assombro as visitações celestiais e as grandes visões da eternidade que Deus concedeu a Joseph Smith. E, especialmente, meu coração transborda de gratidão pela restauração da autoridade e das chaves do sacerdócio. Sem a Restauração, não teríamos acesso aos meios necessários para voltar para casa, para nossos amorosos pais celestiais. A realização de todas as ordenanças de salvação relativas aos convênios que nos levam de volta à presença do Pai Celestial exige administração adequada pelas chaves do sacerdócio."
 Gary E. Stevenson - Do Quórum dos Doze Apóstolos - Onde Estão as Chaves e a Autoridade do Sacerdócio? - Conferência Geral, Abril 2016
Vozes da Conferência
"Temo que existam muitos portadores do sacerdócio que fizeram pouco ou nada para desenvolver suas habilidades para ter acesso aos poderes do céu. Fico preocupado com todos aqueles que são impuros em seus pensamentos, seus sentimentos ou suas ações ou que humilham sua esposa ou seus filhos, interrompendo assim seu poder do sacerdócio."
O Valor do Poder do Sacerdócio - Presidente do Quórum dos Doze Apóstolos - O Valor do Poder do Sacerdócio - Conferência Geral, Abril 2016
Ensinamentos dos Presidentes da Igreja
"Temos que acreditar em Cristo e moldar nossa vida pela Dele. Temos que ser batizados como Ele foi. Temos que adorar o Pai como Ele adorou. Temos que fazer a vontade do Pai como Ele fez. Temos que buscar o que é bom e praticar a retidão como Ele o fez. Ele é nosso exemplo, o grande protótipo da salvação."
Joseph Fielding Smith - Nosso Salvador Jesus Cristo - Ensinamentos dos Presidentes da Igreja, Cap. 2
Tema da Organização dos Rapazes e Moças - Julho 2016


Tema da Primária - Julho 2016


Ferramentas e Sites Favoritos










Seguidores

Mensagens Inspiradoras

Loading...

Eu, voluntariamente, me comprometo a:

• Ser honesto com o Senhor, comigo mesmo e com o meu semelhante.
• Evitar qualquer forma impura de entretenimento.
• Guardar a Palavra de Sabedoria
• Manter-me moralmente puro e limpo.
• Guardar o Dia do Senhor e conservá-lo santo.
• Demonstrar meu amor ao Senhor servindo ao meu próximo.
• De bom grado obedecer a lei do dízimo.
• Continuamente esforçar-me para arrepender-se e receber o perdão através da expiação do Nosso Salvador.