sexta-feira, 17 de setembro de 2010

ESCRITURA DO DIA – Joel 2:28
E há de ser que, depois derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões.
 
CITAÇÃO DO DIA
“Um número muito grande de pessoas (...) ridicularizarão bastante a idéia de haver revelações atualmente. Onde já se viu a religião verdadeira sem comunicação com Deus? Para mim, esse é o maior absurdo que a mente humana poderia conceber. Vendo que a maioria das pessoas rejeita o princípio das revelações atuais, não me surpreende que o ceticismo e a deslealdade imperem em escala tão alarmante. Não me surpreende que tantas pessoas encarem a religião com desprezo, como algo que não mereça a atenção dos seres inteligentes; pois, sem as revelações, a religião não passa de uma impostura, de uma farsa. Se houver uma religião que não me leve a Deus, não me coloque em harmonia com Ele nem revele à minha mente os princípios da imortalidade e vida eterna. Não quero nada com ela.”
Presidente John Taylor – Ensinamentos dos Presidentes da Igreja, p. 159
                       
 VOZES DA CONFERÊNCIA GERAL
 “Ele não procurou fazer a Sua vontade, mas somente a vontade de Seu Pai. Continuou fiel a Sua sagrada missão, mesmo ao passar por provações. Ao prostrar-Se no Jardim do Getsêmani, Ele pediu: “Pai, se queres, passa de mim este cálice; todavia não se faça a minha vontade, mas a tua”.3  Às vezes, passamos por dores e sofrimentos para poder crescer e ser preparados para possíveis provações futuras. Pergunto a vocês, mães: “Vocês fariam algo que causasse dor e fizesse seus filhos chorar, sem que eles nada tivessem feito de errado?” É claro que sim! Quando uma mãe leva seus filhinhos ao médico para ser vacinado, quase toda criança sai do consultório chorando. Por que vocês fazem isso? Porque sabem que um pouquinho de dor agora vai protegê-los de possíveis dores e sofrimentos futuros. Nosso Pai Celestial conhece o fim desde o princípio. Precisamos seguir o exemplo do Salvador e confiar Nele.”
Élder James B. Martino - Dos Setenta - Conferência Geral Abril 2010
 
ESTA DATA NA HISTÓRIA DA IGREJA
Em 1846 — Logo após a Batalha de Nauvoo— houve o ataque de uma turba anti-Mórmon contra os Santos que ainda permaneciam na cidade o ataque durou uma semana—algumas centenas de membros foram forçadas a atravessar o Rio Mississippi até o Estado de Iowa, onde esperaram o socorro dos membros que já haviam saído a caminho do Oeste.
 
NOTÍCIAS DA IGREJA
A Igreja cria um concurso internacional de vídeos: Clique Aqui
Veja como ficará o novo site oficial da Igreja: Clique Aqui
Participe da Enquete do mês de Setembro: Você já leu todas as Obras Padrão?  Clique Aqui
Cadastre-se no novo Site de Empregos da Igreja em português.  Clique Aqui
Conheça o novo site Oficial da Igreja em português. Clique Aqui
 
SUGESTÃO PARA A REUNIÃO FAMILIAR: Encontrar a Paz
“O preço da paz é a retidão. Homens e nações podem proclamar em altos brados: ‘Paz, paz’, mas não haverá paz até que as pessoas nutram na alma os princípios da pureza pessoal, da integridade e do caráter, que promovem o desenvolvimento da paz. A paz não pode ser imposta. Precisa originar-se na vida e no coração dos homens. Não há outra
maneira.”
Presidente Thomas S. Monson (Citando um texto do Presidente Ezra Taft Benson) – A Liahona Março de 2004, p. 4 – Hino: Onde encontrar a paz? Nº 73 – Escritura: João 16:33
 
TEMAS PARA ESTUDOS - DOMINGO 26/Setembro/2010
Sacerdócio e Soc. de Soc.: A Liahona Maio 2010, p.56  – “Prosseguir com Paciência.”
Escola Dominical: Lição 36 – O Velho Testamento – “A Glória de Sião Será Protegida” – Isaías 1–6
 
 
 

Seguidores

Mensagens Inspiradoras

Loading...

Eu, voluntariamente, me comprometo a:

• Ser honesto com o Senhor, comigo mesmo e com o meu semelhante.
• Evitar qualquer forma impura de entretenimento.
• Guardar a Palavra de Sabedoria
• Manter-me moralmente puro e limpo.
• Guardar o Dia do Senhor e conservá-lo santo.
• Demonstrar meu amor ao Senhor servindo ao meu próximo.
• De bom grado obedecer a lei do dízimo.
• Continuamente esforçar-me para arrepender-se e receber o perdão através da expiação do Nosso Salvador.